Ir direto para menu de acessibilidade.
Brasil – Governo Federal | Acesso à informação
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

IFPA homenageia alunos destaques de 2017 e 2018

  • Publicado: Quinta, 28 de Março de 2019, 19h35
  • Última atualização em Quinta, 28 de Março de 2019, 19h35
  • Acessos: 499

Medalhistas em Olimpíadas e jovem eleita para o Parlamento Juvenil do Merconsul recebem menção honrosa e medalhas em evento na Reitoria

 

Os estudantes do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA) que se destacaram nas Olimpíadas Científicas, ao longo de 2017 e 2018, foram recebidos com tapete vermelho e ao som de violino, na tarde de quarta-feira, 27 de março, no hall da Reitoria. A cerimônia foi organizada pela Pró-reitoria de Ensino (Proen) para premiá-los com medalhas e menções honrosas. Na ocasião, também foi homenageada a estudante do Campus Bragança, Giselly Correa Barata, escolhida pelos paraenses para compor o Parlamento Juvenil do Mercosul até 2020.

A abertura do evento foi realizada pelo Reitor do IFPA, Claudio Alex Jorge da Rocha, na presença dos pró-reitores, servidores das pró-reitorias e gabinete. Estavam presente, também, o Diretor Geral do Campus Abaetetuba, Valdiney Mendes da Sival, Diretor Geral do Campus Marabá Industrial, Marcelo Edgar de Moraes Maia, Diretor Geral do Campus Conceição do Araguaia, Vitor Silva Barbosa, Diretor Geral do Campus Paragominas, Samuel Carvelho de Aragão, Diretor Geral do Campus Tucuruí, Anderson Walber de Jesus Barbosa e o Diretor Geral do Campus Parauapebas, Sebastião Rodrigues. Como convidado especial estavam os alunos do Projeto OBMEP e o Professor Adilson Maia Negrão da Escola Professor Leônidas Monte de Abaetetuba, única escola estadual do Estado a participar da Olimpíada de Matemática.

O Reitor explicou que o Instituto já realiza a premiação dos estudantes destaques no Seminário de Iniciação Científica, Tecnológica e Inovação (Sicti), Jogos dos Institutos Federais (JIF) e em Iniciação Científica, mas faltava uma cerimônia de reconhecimento do mérito dos participantes das Olimpíadas. “Agradeço, na pessoa da professora Elinilze, toda equipe da Pró-reitoria de Ensino pelo excelente trabalho que vem desenvolvendo nesta instituição que alcança todo o Estado, com 18 campi, 12 eixos da Educação Profissional e Tecnológica. Agradecemos, também, a todos envolvidos em nossa gestão. Este evento é muito relevante, em que entregamos nossa singela homenagem de reconhecimento do mérito do desempenho e esforço de cada estudante agraciado com menção honrosa ou medalhas nas Olimpíadas. Firmo o compromisso de incluir este evento em nosso calendário todos os anos. No ano que vem, pretendemos fazer esta premiação dentro do Integra IFPA. A cerimônia foi realizada hoje para contar com a presença de nossos Diretores aqui na Reitoria, aproveitamos que eles vieram para a Reunião do Colégio de Dirigentes (Codir).

A prática de projeto de ensino foi regulamentada em 2016 e implementada em 2017 no IFPA. Essa ação fortalece a formação discente, privilegia processos com integração de saberes e a promoção de temas transversais. Com a consolidação da prática, as iniciativas se ampliaram bastante em 2018. “As olimpíadas projetam os alunos, ampliam o conhecimento deles, e, com isso, o nome da instituição como um todo. Agora, todo ano, faremos este reconhecimento dos medalhistas do ano que passou, pois os resultados das olimpíadas, em geral, são divulgadas após todas as etapas que ocorrem no final do ano. É necessário esperar virar o ano para conhecer todos os resultados”, orienta a Pró-reitora de Ensino Elinilze Guedes Teodoro.

Veja todas as fotos do evento: http://bit.ly/Alunos_Destaque

 

 

 

Depois de 2017, com a possibilidade de desenvolver os projetos de ensino, os professores do IFPA passaram a contar com horas para se dedicar aos estudantes com o propósito competitivo das olimpíadas. “A partir daí, a gente viu mais campi participando dos projetos e bons resultados em tão pouco tempo. E, com isso, vimos a necessidade de fazer esse reconhecimento dentro da instituição. Temos mais de dez áreas com olimpíadas constituídas em âmbito nacional: História, Português, Matemática, Química, Física, Agropecuária, Astronomia e Astronáutica, Informática e Robótica. Temos várias competições que ainda não são olimpíadas, mas que vale a participação, como é o caso da competição de lançamento de foguetes. Primeiro é preciso o professor elaborar um projeto e se inscrever na olimpíada. Depois,  ele faz o chamamento dos alunos. A preparação para as olimpíadas ocorrem em outro horário, fora do horário de aula, em que são desenvolvidos estudos, atividades e treinos para as olimpíadas. Nossos alunos podem ser auxiliados com recursos de assistência estudantil quando tiverem de se deslocar para as etapas que são fora de suas cidades, em outros estados, por meio da inscrição no edital para auxílio em participação de eventos”, esclarece a Pró-reitora de Ensino Elinilze Guedes Teodoro.

A estudante do curso Técnico em Mecânica do Campus Parauapebas, Glenda Geiziely Muniz Lima, 18 anos, medalhista de Bronze na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica comenta que este momento é muito especial. “Estar aqui é um aprendizado novo, foram 12 hora de viagem, futuramente será ainda mais importante esse reconhecimento. Nosso resultado é fruto de muito esforço e dedicação, criamos grupos de estudos e todos conseguiram medalhas na Olimpíada. Os professores também nos incentivaram e nos motivaram a correr atrás de nossos sonhos”, comenta. 

A professora de Matemática do Campus Abaetetuba, Brigida Cristina Fernandes Vital da Silva, que veio a Belém acompanhando os medalhistas de seu campus, afirma que para conseguir vários alunos medalhistas na Olimpíada de Matemática é preciso amar cálculos e a profissão. “É preciso dedicação ao ensino e atenção aos alunos. Nosso projeto consiste em quatro aulas por semana, duas de manhã e duas à tarde. Matemática é cálculo e mais cálculos, exercitar é a regra para obter bons resultados”, explica.

Este evento, para o Diretor Geral do Campus Tucuruí, Anderson Walber de Jesus Barbosa, é essencial, pois o IFPA promove a integração entre os alunos medalhista de todos os campi. “Desta forma, com esta solenidade, reforça o apoio que a gestão vem proporcionando aos docentes para apoiarem os alunos a participarem destas competições. Uma cerimônia como esta é uma gratificação ao estudante pelo empenho e uma satisfação de fazer parte de uma instituição como o IFPA. Os campi precisam colocar as Olimpíadas dentro das ações a serem desenvolvidas. Por exemplo, no nosso campus, já fizemos uma reunião para avançar na inserção das olimpíadas de todas as disciplinas como forma de incentivo aos alunos”, afirma.

O Diretor do Campus Parauapebas, Sebastião Rodrigues, acrescenta que uma cerimônia como essa, em que se reconhece os alunos destaques, é muito gratificante, tanto para os professores quanto para os alunos. “Nós vemos nos olhos deles que esta solenidade é uma motivação, encarada como prêmio. Eu os parabenizo por estarem aqui. As olimpíadas proporcionam aos alunos conhecimento, engajamento e notoriedade. Depois delas, eles se sentem muito mais capazes, criam autonomia e obtêm avanços na aprendizagem”, assegura.

A estudante do Campus Bragança, Giselly Correa Barata, representante da juventude paraenses no Parlamento Juvenil do Mercosul foi, também, homenageada pela Proen. “Esse reconhecimento da instituição é algo necessário. É gratificante estar aqui. Este evento é exclusivo, algo novo no IFPA. Muitas vezes, apesar de nosso esforço em sala de aula, não conseguimos ser reconhecidos pelo professores e pais. A partir do momento em que há uma iniciativa desta dentro dos Institutos Federais é primordial para mais estudantes serem estimulados a participar. Primeiro, por que é sempre nosso objetivo crescer enquanto instituição. Segundo, serve para mostrar a estes estudantes destaques que eles têm mérito dentro do Instituto. Não é a toa que os Institutos Federais correspondem à melhor educação pública do país. Este momento é muito significativo para mim”, avalia Giselly. 

O pai de Giselly, Rodrigo Pereira Barata, Diretor Administrativo do IFPA campus Bragança, expressa que é um orgulho participar desta solenidade. “Nós sabemos o quanto é difícil para um aluno chegar neste patamar. Sobre a conquista de Giselly, como pai, educador e militante, temos o dever de incentivar nossos jovens a participarem das causas de nosso tempo, da política, para ter um país com um futuro melhor para todos. Precisamos incentivar cada estudante a acreditar em si mesmo, nos próprios sonhos e tudo o que se propor a fazer, fazer o melhor. Se eu pudesse dizer a cada jovem de nosso Estado, meu conselho é para que vá em busca de seus sonhos e seja protagonista da própria história”, incentiva.

Veja todas as fotos do evento: http://bit.ly/Alunos_Destaque

 

Alunos para menção honrosa:

Campus Abaetetuba

Obmep

2017

Leticia Karolayne Da Silva Magno

Obmep

2017

Adricelson Do Socorro Pinheiro Nogueira

Obmep

2017

Jose Antonio Da Silva Pacheco

Obmep

2017

Erick Da Silva Vilhena

Obmep

2017

Clara Elis Camoes Fereira

Obmep

2017

Eloisa De Jesus Santos Rodrigues

Obmep

2017

Juliane Correa E Correa

 

OBMEP

2018

DARA ESTEL GONCALVES TELES

OBMEP

2018

JULIANE CORREA E CORREA

OBMEP

2018

PAULO VICTOR LOBATO GUEDELHA DA SILVA

OBMEP

2018

GABRIEL WANZELER SOUZA

OBMEP

2018

LETICIA KAROLAYNE DA SILVA MAGNO

OBMEP

2018

LETICIA REGO NOVAES

OBMEP

2018

ERICK DA SILVA VILHENA

OBMEP

2018

JOSE ANTONIO DA SILVA PACHECO

 

Campus Conceição Do Araguaia

 

OBMEP

2017

PAULO EDUARDO FERREIRA DA SILVA

 

OBMEP

2018

GUSTAVO DAMASCENO COSTA

OBMEP

2018

LUIZ FHELLIPPE GOMES SOUSA

OBMEP

2018

PAULO EDUARDO FERREIRA DA SILVA

 

Campus Marabá Industrial

 

OBMEP

2017

Kauan Matheus Guimarães Cardoso

 

 

Campus Santarém

Olimpíada Brasileira De Robótica (Modalidade Teórica)

2018

Elian Silva Sales De Sousa

 

 

Campus Paragominas

OBMEP

2018

PEDRO EDUARDO MARQUES SOUZA

OBMEP

2018

MATHEUS CARVALHO DA SILVA

 

Campus Parauapebas

Olimpíada Brasileira De Química

2017

 

Lyncoln Santos Jurich

Olimpíada Brasileira De Química

2017

 

Kaio César Moura Mourão

OBMEP

2017

 

Matheus Silva Ramos

OBMEP

2017

 

Ramon Apolinário Mendonça Duarte

 

 

OBMEP

2017

Victória Beatriz De França Freitas

 

OBMEP

2018

Filipe Ribeiro Rodrigues

OBMEP

2018

 

Pablo Gama Barros Da Silva

 

 

OBMEP

2018

Pedro Lucas Baia Da Paixão

 

OBMEP

2018

Sarah Pisley Araújo Costa

 

 

Campus Santarém

Olimpíada Brasileira De Robótica

2018

 

Elian Silva Sales De Sousa

 

 

Alunos Premiados

Campus Abaetetuba

Olimpíada

Ano

Nome Do Aluno

Premiação

Obmep

2017

Adiel Teixeira Negrao

Prata

Olimpiada

Ano

Nome Do Aluno

Premiação

Obmep

2018

Adiel Teixeira Negrao

Bronze

 

Campus Belém

Olimpíada

Ano

Nome Do Aluno

Premiação

Paraense De Química

2017

Gilson Carlos Beltrão Soares (2ª Serie)

Ouro

Paraense De Química

2017

Jó Lucindo Rodrigues Da Conceição (3ª Serie)

Ouro

Paraense De Química

2017

Matheus Gonçalves Bezerra (3ª Serie)

Ouro

Paraense De Química

2017

José Tiago Costa Mendonça (3ª Serie)

Ouro

Paraense De Química

2017

Bruno Kauê Rodrigues Vilhena (2ª Serie)

Bronze

Paraense De Química

2017

Matheus Augusto Tavares De Freitas (3ª Serie)

Prata

Paraense De Química

2017

Patrick Vilena De Melo(3ª Serie)

Bronze

Norte-Nordeste De Química

2017

Matheus Augusto Tavares De Freitas)

Bronze

 

Olimpíada

Ano

Nome Do Aluno

Premiação

Paraense De Química

2018

Victor Matheus Bezerra Da Silva (2ª Serie)

Ouro

Paraense De Química

2018

Leticia Sofia Lima Rezende (2ª Serie)

Ouro

Paraense De Química

2018

Bruno Kauê Rodrigues Vilhena (3ª Serie)

Ouro

Paraense De Química

2018

Jonhata Vasconcelos Costa Leal (3ª Serie)

Ouro

Paraense De Química

2018

Alessandro Negrão Rodrigues (2ª Serie)

Prata

Paraense De Química

2018

Fernando Gabriel Dos Santos Santiago (2ª Serie)

Prata

Paraense De Química

2018

Caio Henrique Silva Da Silva (3ª Serie)

Prata

Paraense De Química

2018

Daniel Reis Gomes (3ª Serie)

Prata

Maratona Nacional De Química

2018

Emeson Barreto Da Silva

1º Lugar

Maratona Nacional De Química

2018

Caio Henrique Silva Da Silva

3º Lugar

Maratona Nacional De Química

2018

Leticia Sofia Lima Rezende

4º Lugar

Maratona Nacional De Química

2018

Dabir Hadassa Yeshuah

5º Lugar

 

 

Campus Bragança

 

Olimpíada

Ano

Nome Do Aluno

Premiação

Parlamento Juvenil Do Mercosul (Pjm)

2018

Giselly Correa Barata

Representante Do Estado Do Pará

 

 

 

Campus Marabá Industrial

 

Olimpíada

Ano

Nome Do Aluno

Premiação

Brasileira De Robótica (Obr) Etapa Estadual

2017

Guilherme Da Silva Nunes

1º Lugar Na Etapa Estadual

Brasileira De Robótica (Obr) Etapa Estadual

2018

Guilherme Da Silva Nunes

2º Lugar Na Etapa Estadual

Brasileira De Robótica (Obr) Etapa Estadual

 

2018

Abel Henrique Barros Brandão Ferreira

2º Lugar Na Etapa Estadual

Feira Internacional De Parauapebas, Ciência E Tecnologia-Fepacti

 

2018

Victórya Carolina Guimarães Da Luz

1º Lugar

 

Campus Parauapebas

 

Olimpíada

Ano

Nome Do Aluno

Premiação

Paraense De Química

2017

Matheus Silva Ramos

Ouro

Paraense De Química

2017

Larissa Da Silva Matos

 

Prata

Brasileira De Astronomia E Astronáutica

2017

 

Matheus Silva Ramos

 

Bronze

Brasileira De Astronomia E Astronáutica

2018

Breno Holanda Mesquita

 

Ouro

Brasileira De Astronomia E Astronáutica

2018

Gabriella Santos De Souza

Ouro

Brasileira De Astronomia E Astronáutica

2018

Welizama Da Silva Oliveira

 

Prata

Brasileira De Astronomia E Astronáutica

2018

Felipe Fernandes De Sousa

Silva

Bronze

Brasileira De Astronomia E Astronáutica

2018

Gabriel Talles Magalhães

Ferreira

Bronze

Brasileira De Astronomia E Astronáutica

2018

Glendageiziely Muniz Lima

Bronze

Brasileira De Astronomia E Astronáutica

2018

Laura Beatriz Rodrigues

Oliveira

Bronze

Brasileira De Astronomia E Astronáutica

2018

Maria Fernanda Castro

Bronze

Brasileira De Astronomia E Astronáutica

2018

Pedro Lucas Baia Da Paixão

Bronze

Brasileira De Astronomia E Astronáutica

2018

Victória Beatriz De França

Freitas

Bronze

Obmep

2018

Lucas Fernandes Araujo Silva

Prata

 

Campus Santarém

Olimpíada

Ano

Nome Do Aluno

Premiação

Jornada De Foguetes – Mostra Brasileira De Foguetes

2017

Enderson Romão Dias Mendes

Ouro

Jornada De Foguetes – Mostra Brasileira De Foguetes

2017

Eduardo Felipe Jesus Da Silva

Ouro

Jornada De Foguetes – Mostra Brasileira De Foguetes

2017

Mithael Davi Da Silva Afonso

Ouro

Jornada De Foguetes – Mostra Brasileira De Foguetes

2018

Enderson Romão Dias Mendes

Bronze

Jornada De Foguetes – Mostra Brasileira De Foguetes

2018

Eduardo Felipe Jesus Da Silva

Bronze

Jornada De Foguetes – Mostra Brasileira De Foguetes

2018

Mithael Davi Da Silva Afonso

Bronze

Jornada De Foguetes – Mostra Brasileira De Foguetes

2018

Kamille Caetano Dos Santos

Bronze

Jornada De Foguetes – Mostra Brasileira De Foguetes

2018

João Lucas Viana Almeida

Bronze

Jornada De Foguetes – Mostra Brasileira De Foguetes

2018

Enderson Romão Dias Mendes

Prata

Jornada De Foguetes – Mostra Brasileira De Foguetes

2018

Eduardo Felipe Jesus Da Silva

Prata

I Feira De Ciências E Tecnologias Educacionais Do Baixo Amazonas

2018

João Lucas Viana Almeida

Ouro

I Feira De Ciências E Tecnologias Educacionais Do Baixo Amazonas

2018

Vinicius De Araújo Portela

Ouro

Obmep

2018

Cezar Filho Dos Santos

Bronze

 

Fonte: IFPA Reitoria

registrado em:
Fim do conteúdo da página
-->